top of page

SINDEPAT Summit apresenta Panorama Setorial e agenda legislativa em Brasília

20230322_103835.jpg

Evento promovido pelo SINDEPAT comemorou os 20 anos da associação

 

Realizada no ano em que o Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas (SINDEPAT) completa 20 anos, a quarta edição do SINDEPAT Summit foi marcada pelo lançamento do panorama setorial da indústria de parques e atrações e pela apresentação do livro em comemoração às duas décadas da associação. “O nosso evento anual reúne os principais operadores, fornecedores e investidores do setor de parques e atrações, sendo a melhor oportunidade para apresentar as novidades que trouxemos este ano”, diz o presidente do Conselho do SINDEPAT, Murilo Pascoal. O SINDEPAT Summit ocorreu dias 22 e 23 de março, em Brasília.

“Nosso setor vem crescendo e muito desse crescimento ocorre em razão dos incentivos fiscais que garantiram a sobrevivência das empresas durante a pandemia e agora possibilitam investimentos”, explica. “Acreditamos ser fundamental entregar um estudo que demonstre o real tamanho do nosso mercado e dos investimentos programados. Em parceria com a Adibra, contratamos a Noctua, empresa de inteligência de mercado, para conduzir a pesquisa”, justifica (o estudo está disponível para download em www.sindepat.com.br).

“Nos 20 anos do SINDEPAT, pensamos muito em como ‘presentear’ nossos associados, razão de ser da entidade. Quando idealizamos o livro, queríamos reunir as duas décadas de trabalho do SINDEPAT, mas identificamos uma grande carência de informações sobre as origens e desenvolvimento de nossa indústria”, conta Carolina. “Uma ampla pesquisa foi realizada e apresentamos na publicação o início do entretenimento, de sua comercialização e a profissionalização do nosso setor, mostrando também os desafios e conquistas do SINDEPAT nesses 20 anos.”

O SINDEPAT Summit foi cenário também do lançamento do primeiro curso de pós-graduação em Gestão de Parques e Atrativos Turísticos, parceria do SINDEPAT e da Adibra com a Universidade de Caxias do Sul (RS). Com carga horária de 360 horas e duração de um ano e meio, o curso tem formato híbrido e início das aulas programado para setembro. “O Panorama Setorial idealizado pelo SINDEPAT e pela Adibra aponta o amplo potencial de desenvolvimento do nosso setor. A profissionalização é fundamental. Precisamos estar preparados para atender com excelência a crescente demanda do mercado”, diz a diretora de Educação da Adibra e conselheira do SINDEPAT, Cyntia Carneiro.

 

O Summit

A quarta edição do SINDEPAT Summit consolidou o evento como o principal do setor de parques e atrações turísticas do Brasil. Mais de 300 participantes inscreveram-se para acompanhar os nove painéis e palestras apresentados, os 16 showcases de fornecedores da indústria de parques e atrações e as novidades em produtos e serviços para o setor reunidas nos 20 estandes da Área de Exposição do SINDEPAT Summit.

Para estimular a realização de negócios entre os participantes, o evento contou com o Business Hub, um ambiente para reuniões, e um happy hour de encerramento, ampliando as opções de networking. “Sabemos que muitas conversas entre os operadores de parques e atrações e os fornecedores começam aqui. Queremos estimular nesta e nas próximas edições o fechamento dos negócios”, defende o presidente do Conselho do SINDEPAT, Murilo Pascoal.

Patrocinado pelo Ministério do Turismo e pelas empresas Doppelmayr e Speed Kids, o SINDEPAT Summit contou com a presença da ministra do Turismo, Daniela Carneiro, na abertura do evento. “Tenho visto o impacto na geração de emprego e renda. O Turismo é uma potência e fica atrás somente da construção civil”, disse. “Os parques e os atrativos são agentes de mudança e empregam de forma direta e indireta mais de 130 mil brasileiros. Estamos aqui para levar as pautas do Turismo para o Governo Federal. Somos um setor transversal que tem muito espaço no governo Lula por todo o seu potencial”, completou.

 

Agenda legislativa

Realizado na manhã do primeiro dia do SINDEPAT Summit, o café institucional desta edição contou com a parceria de outras três associações: Adibra, Resorts Brasil e Fórum dos Operadores Hoteleiros do Brasil (FOHB). Idealizado para apresentar ao poder público as pautas prioritárias para os produtos turísticos, o evento reuniu parlamentares e representantes do Ministério do Turismo, entre eles o secretário de Infraestrutura, Crédito e Investimentos do MTur, Carlos Henrique Sobral.

Ao iniciar o evento, o presidente do Conselho do SINDEPAT, Murilo Pascoal, comparou o Turismo ao agronegócio. “Acredito que o Turismo tem potencial para servir ao país de maneira semelhante ao Agro, gerando muitas divisas. Há 40 anos, o Brasil era importador de alimentos. Em 2022, o Agro gerou superávit para a balança comercial brasileira de US$ 62 bilhões. O Turismo tem toda a condição de seguir o mesmo caminho, fazendo o planejamento e trabalho necessários”, disse.

Segundo Pascoal, o Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos e Turismo (Perse) foi o primeiro passo para isso, mas o presidente do SINDEPAT alertou os parlamentares presentes sobre outros desafios, como a reforma tributária. “Importante mencionar que ninguém é contra a reforma tributária, ao contrário. Apenas entendemos que é preciso que seja equilibrada e não fira de morte o setor de serviços”, completou.

Além da Reforma Tributária, outras prioridades da Agenda Legislativa apresentada pelas associações são a desoneração da folha de pagamento; a classificação de equipamentos de parques como bens de capital; o Vale-Turismo, programa para fomentar o turismo doméstico; e a aprovação da Lei Geral do Turismo, em análise no Senado. Entre os parlamentares que participaram do café da manhã institucional estiveram os senadores Carlos Portinho e Irajá, e os deputados federais Bacelar; Eduardo Bismarck; Magda Mofatto; Newton Cardoso Jr.; Jonas Donizetti; Marcelo Álvaro Antônio; Kim Kataguiri; Marcelo Queiroz e Julio Lopes.

 

LINK PARA FOTOS:

https://sindepat.com.br/galeria/sindepat-summit-2023-brasilia

 

 

MAIS INFORMAÇÕES:

Maria Izabel Reigada

comunicacao@sindepat.com.br

bottom of page